Coimas

Amigos Motociclistas, temos de ter muita atenção sempre que nos deslocamos de Moto seja para onde for, porque as multas estão sempre à espreita.

E não falo apenas na caça à velocidade.

Todos sabemos que as Motos quando saem de fabrica vêem com dois espelhos retrovisores, que por sinal fazem muito jeito quando estamos em andamento, para além de  existirem pessoas que afirmam que não, ok, não concordo, mas respeito a opinião de cada um.

A coima por falta de piscas também é bastante pesada.

A falta dos ditos retrovisores pesam  250 euros a menos na carteira , para não falar que tem de efectuar uma inspecção (B), mais uma despesa, e com a crise que está instalada temos de ter atenção aos gastos extras.

Outra peça muito importante é o reflector da matricula, quando adquirimos o veiculo ele vem composto com todas essas peças, mas, a maioria dos proprietários retiram essa peça porque faz a Moto parecer mais agressiva, o pneu à mostra, mas,   caso não saibam a coima é de 30 euros, todo isto num só dia fica pesado.

Neste fim de semana as Motos com estes elementos a menos, tiveram uma agradável surpresa, 750 euros de coima.

Pois é meus meninos, isto é a realidade.

Tenham  cuidado  as coimas cada vez pesam mais.

Boas Curvas.

 

RAILLs

Os Motociclistas Espanhóis, continuam a trabalhar para que a lei dos Rails sejam aprovada.

423674_366228633454366_1636754928_n

10502274_10202534405776696_4457791005968157186_n

 Esta é uma imagem de um protesto dos Motociclistas espanhóis, que reivindicam a mudança dos prumos assassinos dos rails de “protecção”!

Agora tudo é eléctrico

ng3408697

Agora é tudo eléctrico. Até a Harley Davidson

 

24/06/2014

A marca norte-americana lançou o projecto Live Wire: a 1ª mota eléctrica que vai percorrer 33 cidades ao longo na mítica estrada 66 pelos EUA gerando buzz em torno do modelo. O som de arranque é parecido com o da descolagem de um avião (mas com menos decibéis)

 

O porquê

À vários anos que estamos num país em constante recessão, ninguém está a salvo, nem se pode dizer que estamos bem.

Eu como tantos outros, também fui arrastado para o desemprego juntamente com 1200 pessoas da mesma Empresa sem sabermos o porquê.

Cada vez é mais difícil ter um emprego, todos os dias fecham dezenas de fabricas, lojas, armazéns, e segundo parece ninguém se preocupa.

No meio desta aventura encontro-me EU, desempregado e obrigado a fazer formações no centro de emprego, devido a uma Insolvência engendrada.

Claro que, tal como poucos, aproveito os conhecimentos adquiridos nestas formações e tento aplicá-los numa nova hipótese de trabalho independente.

Assim, tento mostrar a minha visão sobre o mundo das Motos.

 

Motos & Motards